Prêmio MILTON CORDEIRO de Jornalismo - REGULAMENTO

1. DISPOSIÇÃO DO REGULAMENTO

Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo, promovido pela Rede Amazônica de Televisão ou pela Fundação Rede Amazônica será regido pelo presente Regulamento que se encontra arquivado no Cartório do Registro Especial de Títulos e Documentos de Manaus/AM, cabendo às Comissões de Seleção e Julgamento da premiação a decisão sobre os casos omissos e especiais, por consenso, ou pelo voto da maioria dos jurados, sendo qualquer decisão das comissões irrevogável e irretratável.

2. DOS INSCRITOS

As inscrições para o PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO serão reguladas por Edital de Chamada a ser lançado anualmente e divulgado no site www.premiomiltoncordeiro.com.br. Poderão se inscrever profissionais de jornalismo que trabalhem nos Estados onde há atuação da Rede Amazônica, quais sejam: Acre, Amapã, Amazonas, Roraima e Rondônia.

3. DO TEMA E DAS CATEGORIAS

3.1. Com o objetivo de premiar as melhores matérias com temas que engrandeçam e/ou promovam o desenvolvimento e valorização da Amazônia, o PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO contemplará 05 (cinco) categorias, abaixo:

a) PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO IMPRESSO – na categoria jornalismo impresso, o Prêmio Milton Cordeiro será concedido a melhor matéria inscrita, publicada em veículos impressos, jornais ou revistas, sediados nos estados indicados no item 2, de periodicidade igual ou inferior a trimestral.

b) PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE RADIOJORNALISMO – na categoria Radiojornalismo, o Prêmio Milton Cordeiro será concedido a melhor reportagem inscrita e veiculada em emissoras de rádio sediadas nos estados indicados no item 2.

c) PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE TELEJORNALISMO – Na categoria Telejornalismo, o Prêmio Milton Cordeiro será concedido a melhor reportagem inscrita, exibida em emissoras de televisão sediadas nos estados indicados no item 2. Nesta categoria, só poderão ser inscritas reportagens que tenham até 03 minutos de duração.

d) PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE TELEJORNALISMO “REPORTAGEM ESPECIAL” – Nesta categoria, o Prêmio Milton Cordeiro será destinado a melhor reportagem inscrita, exibida em emissoras de televisão sediadas nos estados indicados no item 2. Por Reportagem Especial entende-se as matérias que tenham mais de 03 minutos até 06 minutos de duração.

e) PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE WEBJORNALISMO – Na categoria Internet, o Prêmio Milton Cordeiro será concedido a melhor matéria inscrita, publicada em qualquer formato veiculada em portais ou sites de empresas jornalísticas registradas com domínio brasileiro na rede mundial de computadores e sediadas nos estados indicados no item 2.

3.2. Os trabalhos inscritos serão analisados sob os seguintes critérios jornalísticos:

• Contextualização/pluralidade de aspectos abordados (sociais, políticos, econômicos e culturais) voltados para o desenvolvimento e valorização da Amazônia;

• Investigação de conseqüências, soluções e impactos da implementação dessas soluções sobre realidades adversas ao pleno desenvolvimento da Amazônia;

• Investigação das políticas públicas e denúncia de omissões;

• Qualidade de texto, imagem e edição;

• Potencial impacto da matéria na prorrogação de mudanças;

3.3. Na análise dos trabalhos com base nos critérios descritos no item 3.2., serão consideradas as linguagens específicas de cada mídia nas diferentes categorias do Prêmio.

3.4 Trabalhos inscritos com temática não pertinente a Região Amazônica, diversa do item 3.1 serão automaticamente desclassificados.

4. DA INSCRIÇÃO

4.1. O ato de inscrição implica a sujeição e o aceite dos termos do presente Regulamento por parte dos autores do trabalho e dos veículos nos quais tiver sido exibido, o mesmo valendo para os jurados por ocasião da aceitação do convite para integrar as Comissões de Seleção e Julgamento.

4.2. Cada jornalista poderá inscrever apenas 1 (um) trabalho que concorrerá automaticamente aos prêmios previstos neste regulamento, devendo preencher a ficha de inscrição.

4.3. Em caso de trabalho sem assinatura, ou assinado com pseudônimo, a inscrição somente será efetivada mediante documento emitido pelo meio de comunicação que veiculou o material atestando sua autoria com reconhecimento em cartório. O referido documento comprobatório deverá ser anexado a ficha de inscrição.

4.4. Poderão concorrer trabalhos jornalísticos de autoria de um ou mais profissionais de imprensa publicados ou veiculados no período de 25 (vinte e cinco) de maio do ano corrente a 25 (vinte e cinco) de maio do ano corrente. Não serão aceitos trabalhos veiculados originalmente antes de 25 (vinte e cinco) de maio do ano anterior, mesmo que tenham sido reproduzidos ou reexibidos em data posterior. Os trabalhos veiculados em data posterior ao período estabelecido, só poderão concorrer ao prêmio do ano seguinte.

4.5. Para se inscrever, o profissional deve preencher a ficha de inscrição disponível no site www.premiomiltoncordeiro.com.br e enviar o trabalho concorrente, juntamente com cópia da referida ficha de inscrição preenchida, seguindo as especificações, conforme a categoria a ser inscrita, até a data especificada no item 2.

4.5.1. O material concorrente deve seguir as seguintes especificações:

a) Materiais de áudio e vídeo: 3 (três) cópias em DVD contendo as imagens e o som original exibidos sem supressões, nem acréscimos, sendo desejável, como complemento, as vinhetas eletrônicas/digitais da emissora e da rede, além das chamadas introdutórias do programa ou noticiário.

b) Materiais impressos e web: 3 (três) cópias em DVD contendo arquivo digital com extensão .pdf ou .jpg, em alta resolução, onde devem estar visíveis as informações de nome do veículo, data na qual foi publicado e nome do autor. No caso de material publicado em mídia impressa, deverão ser encaminhadas também 3 (três) cópias originais da publicação. Materiais veiculados em sítios eletrônicos, deverão apresentar também 3 (três) cópias em impressão colorida de alta qualidade. O endereço na web deve estar ativo para acesso nas datas dos julgamentos e no dia da divulgação do resultado final do concurso.

4.5.2. As cópias em DVD deverão conter a etiqueta identificadora, que poderá ser retirada do site da premiação, contendo nome do inscrito e título do material de acordo com o indicado na ficha de inscrição. Nenhum material entregue no ato da inscrição será devolvido.

4.5.3. Serão colocados em julgamento apenas os materiais elaborados originalmente em língua portuguesa, veiculados e/ou publicados em meios de comunicação dos estados citados no item 2.

4.6. Não serão consideradas informações posteriores às constantes do ato de inscrição, mesmo que corroboradas pela direção das emissoras, exceção feita à necessidade de esclarecimentos sobre os trabalhos inscritos, motivados por dúvidas suscitadas por jurado(s).

.7. Só serão considerados para efeito de inscrição os trabalhos que contenham elementos de informação jornalística. Não serão considerados ensaios de imagem, efeitos especiais, ou ainda trabalhos de importância meramente técnica, publicitária, institucional ou artística.

4.8. Sob nenhuma hipćtese serão aceitos trabalhos realizados por cinegrafistas amadores, admitindo-se, no entanto, aqueles realizados por profissionais do Jornalismo sem vínculo empregatício com emissoras, contanto que se respeite o item 2.

4.9. Os trabalhos para inscrição deverão ser entregues ou enviados pelos correios com o seguinte endereçamento:

MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO 2014 A/C FUNDAÇãO REDE AMAZÔNICA PRAÇA FRANCISCO PEREIRA SILVA, 149 – CRESPO - MANAUS - AM CEP 69073-270.

4.9.1. Nos trabalhos enviados pelo correio, será considerada para efeito de validade, a data da postagem que não poderá ser posterior a data final de inscrição, sob pena de desclassificação automática.

4.9.2. Eventuais dúvidas deverão ser esclarecidas através do “fale conosco” disponível no site do prêmio (www.premiomiltoncordeiro.com.br).

4.10. Os trabalhos inscritos poderão ser objeto de divulgação, no todo ou em parte, por iniciativa dos organizadores do PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO, com a finalidade de divulgar a premiação e exaltar o trabalho jornalístico, independentemente de qualquer licença, remuneração ou pagamento ao seu autor ou autores, ou aos veículos onde foram exibidos. Os candidatos anuem, desde já, com a referida divulgação.

4.11. O resultado do prêmio caberá, única e exclusivamente, a comissão julgadora.

4.12. Cabe exclusivamente aos autores dos trabalhos inscritos qualquer responsabilidade perante terceiros decorrente do seu conteúdo, bem como do direito de imagem, entre outros.

5. PROCESSO DE SELEÇãO E JULGAMENTO

5.1 - O julgamento dos trabalhos será realizado em duas etapas:

5.1.1. Na primeira etapa, os trabalhos serão apreciados e selecionados pela Comissão Estadual do Concurso, cuja constituição dar-se-á da seguinte forma: representantes da imprensa local (do Amazonas); representantes especialistas em educação; representantes do meio cultural e representantes do sindicato profissional.

5.1.2. Caberão aos jurados da Comissão Estadual de Seleção atribuir notas que poderão variar de 1 a 10 para cada trabalho inscrito, admitindo-se notas fracionadas em decimais. Os 03 (três) trabalhos de cada uma das categorias que obtiverem maior pontuação estarão classificados como finalistas.

5.1.3. Caso dois ou mais trabalhos atinjam pontuações idênticas e com isso ultrapasse o número de trabalhos finalistas estabelecidos para cada categoria, serão utilizados como critérios de desempate a supressão das menores notas obtidas por cada trabalho. Caso persista o empate, os jurados farão nova avaliação e prevalecerá o material que tiver maior importância com a temática amazônica.

5.1.4. Na segunda etapa, uma Comissão Central de Premiação sediada em Manaus/AM, apontará entre os trabalhos selecionados, o vencedor do PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO.

5.1.5. Os membros das Comissões não poderão de forma alguma estar vinculados aos veículos da Rede Amazônica.

5.1.6. Na categoria que não houver o número mínimo de 10 (dez) concorrentes inscritos, não haverá seleção, julgamento ou premiação.

5.2. As Comissões de Seleção e Julgamento serão compostas por tantos jurados quanto forem necessários a uma adequada avaliação dos trabalhos inscritos. Ambas terão seus membros escolhidos entre profissionais com efetiva experiência pela atuação em veículos de comunicação e/ou por profissionais ligados ao jornalismo, sendo suas decisões soberanas, respeitando o disposto neste Regulamento, e isentas de quaisquer interferências por parte dos organizadores, delas não cabendo qualquer espécie de impugnação ou recurso, seja a que pretexto for.

5.3. Aos concorrentes indicados como finalistas pela Comissão de Julgamento e não premiados serão concedidos, única e exclusivamente, certificados de mérito, e sua emissão obedecerá aos mesmos critérios estabelecidos para os diplomas dos vencedores.

6. PREMIAÇÃO

6.1. Aos trabalhos indicados como vencedores pela Comissão Central de Seleção serão atribuídos os seguintes valores brutos, sobre os quais recairão os impostos exigidos por lei:

• PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE JORNALISMO IMPRESSO – R$ 3.000,00 (três mil reais) + troféu + certificado.

• PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE RADIOJORNALISMO – R$ 3.000,00 (três mil reais) + troféu + certificado.

• PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE TELEJORNALISMO – R$ 3.000,00 (três mil reais) + troféu + certificado.

• PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE TELEJORNALISMO “REPORTAGEM ESPECIAL” – R$ 3.000,00 (três mil reais) + troféu + certificado.

• PRÊMIO MILTON CORDEIRO DE WEBJORNALISMO – R$ 3.000,00 (três mil reais) + troféu + certificado.

6.2 Todos os prêmios serão pessoais e intransferíveis, garantindo-se ao vencedor um certificado e um troféu alusivos à premiação, além da quantia em dinheiro correspondente.

6.3. Na hipótese de trabalhos vencedores com mais de um autor, permanecerá o mesmo critério de premiação individual, ou seja, prêmio, troféu e diploma únicos, sendo o diploma emitido em nome da "Equipe" ou em nome de um de seus integrantes, se assim for solicitado, seguido da expressão "e Equipe". A importância relativa à premiação será destinada ao vencedor individual ou do participante da Equipe para este fim indicado pelos demais.

7. CASOS OMISSOS

7.1. Os casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão Central de Premiação.

ARQUIVADO EM CARTÓRIO DO REGISTRO ESPECIAL DE TíTULOS E DOCUMENTOS DA CIDADE DE MANAUS (AM)

Manaus, de de .

RÁDIO TV DO AMAZONAS LTDA.

________________________

Aluísio José Daou

Vice Presidente de Operações

Faça o Download dos arquivos complementares

© Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo - 2017 Desenvolvido por portalamazonia.com Todos os direitos reservados.